RAM 1500: Tamanho é documento

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

RAM 1500 chega falando grosso entre as picapes médias, com 400 cv, luxo, tecnologia e preço estratosférico

Redação/Auto Press

A RAM resolveu entrar no segmento de picapes médias por cima. Bem por cima. Enquanto os modelos vendidos no Brasil oferecem modelos com potência em torno de 200 cv, a marca norte-americana – que saiu de uma costela da Dodge – simplesmente dobrou a aposta. A RAM 1500 Rebel, modelo escolhida para ser importado do México para o Brasil, em nada menos que 400 cv. A usina de força é um motor a gasolina 5.7 litros V8 HEMI ‑ que ganha este nome por ter a cabeça dos cilindros hemisférica. Ele gera ainda 56,7 kgfm de torque e é capaz de levar a picape, que tem 2.610 kg, de zero a 100 km/h em 6,4 segundos. Diferentemente da RAM 2500, que já é vendida por aqui, mas exige habilitação categoria C para ser conduzida. Já a 1500 por ser dirigido por qualquer pessoa habilitada para automóveis. E que se disponha a gastar R$ 419.990 para retirar o modelo da concessionária.

                A versão Rebel é a intermediária na linha RAM 1500 e parte, nos Estados Unidos, de um valor de US$ 43.860, ou cerca de R$ 220 mil. A configuração escolhida para o Brasil, no entanto, chega a quase US$ 60 mil, ou cerca de R$ 302 mil. Isso porque foi adicionado ao modelo itens bastante sofisticados, como sistema de estacionamento semiautônomo, teto solar panorâmico, head-up display, retrovisor interno digital, sistema de som Harman Kardon com 19 alto-falantes e subwoofer com 900 Watts com sistema de cancelamento de ruído e central multimídia Uconnect com tela de 12 polegadas com GPS nativo.

             O interior traz revestimento em couro nos bancos, com regulagem elétrica e aquecimento nos dianteiros. O modelo também vai contar com um pacote de segurança que inclui controle de cruzeiro adaptativo com frenagem automática de emergência e detecção de pedestres, sistema de manutenção de faixa de rolagem, seis airbags, controle de tração e estabilidade com mitigação de rolagem de carroceria e controle de reboque. Por dentro, o modelo traz diversos porta-objetos, inclusive no assoalho e dois porta-luvas. Nas laterais da caçamba, há duas caixas fechadas com trava com capacidade de cerca de 100 litros em cada lado. A tampa da caçamba também traz um sistema que permite tanto a abertura lateral em duas metades, como na Fiat Toro, quanto a abertura com rebatimento, como ocorre normalmente nas picapes.

                 A RAM 1500 conta com recursos que a permitem encarar trechos de off-road com alguma destreza. O câmbio de oito marchas conta com uma transmissão com tração 4X2, 4X4 e 4X4 com reduzida e bloqueio eletrônico do diferencial traseiro. A RAM traz ainda controle de descida, suspensão elevada em 2,5 cm em relação à Rebel normal e ainda traz pneus de 32 polegadas de diâmetro (81,3 cm) que calçam rodas de 18 polegadas. Com isso, a altura livre para o solo chega a 24,9 cm, com ângulo de ataque de 25,1º e de saída com 22,6º ‑ não são dos mais amplos, mas razoáveis para uma picape que mede 5,93 metros de comprimento. As suspensões usam amortecedores Bilstein, molas progressivas e barras estabilizadoras. Na frente traz braços triangulares e atrás tem eixo rígido conectado com cinco braços. A picape traz ainda placas de proteção para caixa de transferência, direção, motor e tanque de combustível, que tem capacidade para 98 litros. O que dá uma autonomia de 790 km, pela média aferida pela agência de proteção ambiental dos Estados Unidos, a EPA.

 

 

TRÂNSITO LIVRE

VIDEOS

MARCAS